Gil Heitor CortesÃo worksCVExhibitions
         
   
         
   
         
         

Mapa, Mai 17 – Jul 14, 2007



Press releaseEnglishbg


A Galeria Pedro Cera tem o prazer de anunciar a inauguração da quinta exposição individual de Gil Heitor Cortesão na galeria.

Em Mapa, Gil Heitor Cortesão apresenta uma série recente de pinturas inéditas, realizadas a óleo sobre plexiglass.

Nas pinturas exibidas (que, tematicamente, poderiam ser consideradas como ‘paisagens’), o autor associa visualmente vistas aéreas de um determinado núcleo urbano, subúrbio e lugar de veraneio dos arredores de Lisboa, a outros elementos iconográficos (emblemas, palavras, panoramas celestes, mapas-mundi desdobrados,manipulados e distorcidos...), filtrados através de acontecimentos pictóricos perturbadores (manchas, escorridos, ‘explosões’ cromáticas...).

A intensificação do confronto, visual e conceptual, entre os elementos díspares e entre os modos de representação que lhes estão associados, cria, em Mapa, um jogo pictórico baseado em aproximações e distanciamentos vertiginosos, instabilizando e relativizando a noção de ponto de vista, de lugar ocupado pelo observador.

A questão da proximidade e da distância surge associadaa outras relações, como as que se estabelecem entre o real e o virtual, o sublime e o abjecto ou entre a ordem e o acidente. Essas relações parecem ser encaradas, em Mapa, mais do que como simples oposições, como situações convulsivas, de carácter dialéctico, originadoras não só de utopias e distopias urbanas e sociais mas, mais significativamente, da extensa No Man’s Land que habitamos,situada algures entre esses dois extremos ou pólos de um mesmo mapa.